Sobre

Oi, tudo bem?

Eu sou Ana Fernanda e estou cansada:

  • Cansada de todo o consumismo da moda;
  • Cansada de vida de mentira nas redes sociais;
  • Cansada de exploração na indústria têxtil;
  • Cansada de moda encarada como futilidade;

Se você também está cansada, seja bem-vinda! Vem comigo, que tem um montão de coisas que a gente pode fazer juntas.

Cansei de Ser Básica é o nome desse site e do trabalho de consultoria em moda, imagem e estilo pessoal que realizo. Mas ele pretende ser mais do que isso: pretende ser um estilo de vida, focado em conjugar outros verbos além do comprar. Sim, é possível vestir-se bem, cuidar de si mesma – aparência, roupas, cuidados pessoais – sem descuidar do que realmente importa: o planeta, as pessoas, a sociedade.

Por isso, aqui você vai encontrar guias de estilo que ajudem você a fazer mais com menos – sem comprar nenhuma peça a mais, valorizando o que você já tem no guarda-roupa (porque estilo é comunicação e dominar essa comunicação também é poder!). Vai achar também boas ideias e soluções para reduzir o impacto da indústria da moda no mundo. E, quando for comprar (porque também faz parte), vai achar guias de compras que valorizam o pequeno empreendedor, a venda de segunda mão, marcas que fazem diferente sem abrir mão do design, criatividade e, principalmente, ética.

Se você acredita nessa visão sobre a moda, te convido a fazer parte da comunidade Cansei de ser Básica, assinar nossa news, acompanhar os posts… e, especialmente, integrar esse movimento, reduzir o consumo, comprar de segunda mão, trocar / reformar / customizar o que tem em casa, valorizar as boas ideias e quem está fazendo diferente.

Em ação por aí

Em ação: A foto maior é um frame da palestra gravada para o Seminário Virtual Você Rica (falando sobre como cuidar-se sem estourar o orçamento). Da esquerda para a direita, linha de cima: divulgação da Oficina Justa Saia, de moda ética e sustentável; oficina de análise de coloração pessoal. Da esquerda para a direita, linha de baixo: palestra para estudantes da Faculdade Montessoriano sobre imagem pessoal no ambiente de trabalho; e com jovens do Instituto Aliança, depois de palestra de orientação sobre como se preparar para a primeira entrevista de emprego.

Eu não sou fashionista. Também não sou blogueira de moda – pelo menos, não esse tipo de blogueira que a gente está acostumada a ver por aí, com pinta de celebridade, roupas caras e frequentadora de semanas de moda. Sou uma jornalista que há anos trabalha no terceiro setor, ao mesmo tempo em que lançava um olhar de desejo e curiosidade para o campo da moda, mas que ficava com um pé atrás, por não compactuar com os valores do consumo que a grande mídia de moda pregava.

Em 2012, meu filho nasceu. E me dei conta de que eu precisava encontrar um jeito de realizar esse sonho, ou passaria a vida me perguntando como teria sido… e como poderia incentivar meu filho a correr atrás dos próprios sonhos se eu mesma havia negligenciado o meu?

Os anos atuando em organizações sociais me ajudaram a sair da caixa e criar a minha forma de trabalhar com moda, muito além das capas de revista. Estudei no Senac, na EnModa Escola de Empreendedores, na Consultoria de Imagem Priscila Seijo e na Closet Inteligente Consultoria – espaços que me deram a régua e o compasso na lida com a moda e que, ao mesmo tempo, me deram asas para que eu trilhasse meu próprio caminho. Às minhas professoras inspiradoras, minha gratidão.