Seu estilo renovado, em quatro passos

“Eu voltei, voltei para ficar…
Porque aqui / aqui é o meu lugar”

Sim, eu estou sumida e sei disso – e você deve estar aí se perguntando, “onde é que ela foi parar?”.

Um dos motivos do meu sumiço momentâneo foi a execução da versão beta do curso cansei de ser básica. Mais do que um curso, foi um processo de consultoria em grupo e online, por meio do qual 10 mulheres identificaram e aperfeiçoaram seu estilo pessoal.

Posso dizer, sem sombra de dúvidas, que liderar este trabalho de consultoria em grupo foi uma das experiências mais gratificantes de que já participei. Tanto pelas possibilidades que a Internet oferece para este tipo de trabalho quanto pelos resultados que vi. Foi incrível ver mulheres deixarem de ser básicas e construírem imagens pessoais lindas, fortes e coerentes com a imagem que querem passar.

Para você que não participou do curso e ficou “a ver navios” com o meu sumiço, compartilho aqui os temas que tratamos nos módulos deste trabalho.

1. Identifique o seu estilo

Essa é a base, o princípio de tudo. E não se resume a identificar-se dentro de um dos sete estilos universais – casual, tradicional, elegante, romântica, sexy, criativa ou dramática – embora isso também faça parte.
Você precisa identificar o seu estilo. O seu, pessoal e intransferível. Isso é algo maior do que moda, isso é tomar consciência sobre a forma como você se comunica visualmente, sobre quem você é que mensagem quer passar.

2. Experimente, experimente, experimente…

Essa é a parte mais divertida: é hora de mergulhar no guarda-roupa e experimentar formas diferentes de usar as peças que você já tem. Sabe aquela calça que você só usa com aquela blusa? Tenho certeza de que você tem casos assim no seu guarda-roupa. Pois então, hora de usar aquela blusa com outra calça, outro shorts, outra saia, de outros jeitos…

3. A sua cápsula

Não tem relação com remédio. Armário cápsula é uma tradução da expressão em inglês capsule wardrobe e descreve uma forma toda especial de organizar o guarda-roupa, reunindo peças (partes de baixo e de cima, sapatos, bolsas, bijous e demais acessórios) que combinam entre si. Isso facilita muito a vida na hora de se arrumar para sair.

4. Compre como uma profissional

Comprar é uma delícia, mas para fazer diferença no seu guarda-roupa, é preciso saber comprar como uma profissional. Isso significa, entre outras coisas, conhecer muito bem as peças que você tem no seu guarda-roupa e o que você precisa comprar para gerar alto impacto. Uma dica: comprar por impulso não resolve. As compras precisam ser planejadas.

No curso, tratamos de um passo por semana, mas eles podem durar mais ou menos, a depender do grau de consciência que você tem sobre o próprio estilo. Algumas alunas empacaram na primeira semana, outras só sentiram dificuldade na hora de arrumar o guarda-roupa. Quanto mais personalizado for o processo, maiores as chances de sucesso.

Gostou?

Agora é com você! Siga as dicas para deixar de ser básica – e, se quiser ajuda no processo, fale comigo!

Beijo,
Ana Fernanda